Pensamentos...

Videos

Loading...

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

LIÇÃO DE VIDA

Jesus Cristo teve um nascimento indigno e uma história de turbulências e aflições. Nasceu entre os animais. No aconchego de um estábulo, Ele derramou suas primeiras lágrimas.
Quando tinha dois anos, deveria estar brincando, mas já atravessava grandes sofrimentos. Era perseguido de morte por Herodes. Tinha uma inteligência incomum para um adolescente e foi admirado aos doze anos por intelectuais da época. Todavia, tornou-se um carpinteiro.
Discursou sobre o amor, a tolerância, e o respeito humano como nenhum pensador.Ele foi o mais discriminado e incompreendido dos homens.
Tinha, portanto, todos motivos para ser uma pessoa tensa, ansiosa, irritada e infeliz, mas ele era uma pessoa alegre e tranquila. Ele fazia poesia até mesmo de sua situação precária. Muitos têm bons motivos para serem alegres, mas estão sempre insatisfeitos. não valorizam o que têm, mas valorizam o que não têm. Culpam os outros pelos seus conflitos e detestam a vida que possuem.
Jesus fazia muito com o pouco, nunca acusava os outros por sua situação precária, não reclamava, enfrentava seus desafios sem ferir ninguém, sem agredir ninguém.
Os homens podiam desistir DELE, mas Ele nunca desistia de ninguém. Sabia o que haveria de enfrentar, mas seguiu em frente, sem desistir, sem acusar, com dignidade suportando a sua dor. Cristo levou sobre si todo o peso do pecado do mundo, para que nós fossemos livre para segui-lo à caminho da vida, da salvação.
A vida de Jesus, Sua conduta, ensina-nos importantes lições de vida. Podemos chorar e nos angustiar pelas nossas dificuldades e conflitos, mas nunca desistir de nós mesmos. podemos nos abater, mas nunca desanimar.
A capacidade de recomeçar tudo, quantas vezes forem necessárias, faz dos fracos, fortes. Quando enfrentamos nossas fragilidades e sentimentos de incapacidade, nos libertamos dos grilhões que nos aprisionam, e abrem as portas da liberdade.

Fonte: Superando o cárcere da emoção(Augusto Cury)

Por Valdécio Gama.
video

Um comentário:

Anônimo disse...

Em meio à lagrímas assísti este video, e por alguns segundos...
oh! SENHOR!
Certamente foi por nós!
Jesus Cristo é meu unico, verdadeiro e suficiente Salvador.